sábado, 14 de abril de 2012

Sim, eu sou assim

Eu sou feita de sonhos e esperança
Eu sou boba, 
sou romântica


Embora as vezes meu coração
se quebrado tão violentamente
Minha fé em contos de fadas é importuna 


Eu sei, é sempre assim, 
me exponho, me entrego 
E de repente me machuco, me quebro
Mas esse é o climax da história, não?


As vezes penso que não passo de uma
sonhadora ingênua e sem graça
E que minha dor não passa 
E que amor eterno é uma utopia
E o príncipe encantado só existe em devaneios

Embora hoje as minhas feridas estejam a mostra
e as minhas fraquezas todas expostas
Sei que não tardarei em olhar pra trás,
Deus é fiel, sei que Ele vai tornará capaz


Então verei apenas cicatrizes, 
E um passado que já passou
E estarei mais forte
E o tempo já terá desvanecido minha dor



Luana de Sousa

Nenhum comentário:

Postar um comentário