sexta-feira, 25 de novembro de 2011

tempo, tempo, tempo, tempo.

Eu estive triste por um por tempo, mas eu descobri que com o tempo tudo passa. E aquela dor incurável do meu coração partido ficou para trás, as vezes eu nem lembro mais. 
Hoje eu ainda estou confusa, mas agora é diferente, sinto que não preciso provar nada para ninguém e nem me preocupo mais em  tentar achar um porquê para tudo, isso é tão bom.
Embora a conclusão de que eu não o amo mais tenha sido bastante demorada. Eu finalmente percebi que ele nunca foi meu. 
Depois desse tempo de confusão em que eu estava a procura de saber o que eu sentia, o melhor, o que eu não sentia, foi que eu me dei um tempo, então me libertei.
Mas quer saber? Valeu a pena!

Luana de Sousa


Aquele momento

Tenho andado por aí
Percebendo coisas
que antes eu não via
Olhando para tudo 
com atenção
A cada esquina
tentando te achar
Observando o rosto
de quem passa sem 
me notar


Esperando aquele momento
em que o mundo pára
olhares se encontram


E então...
eu já não sei mais
Pode continuar sendo
só um momento
Mas para quem é como eu,
talvez se torne 
o começo de uma história

Luana de Sousa

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Promessa

Eu acredito em mim, sim eu acredito! E a partir de agora eu não vou mais me subestimar, porque eu sei que eu sou capaz de fazer muito mais do que eu posso imaginar, sim, eu posso!
Eu sou filha do Deus vivo, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, Aquele que vive e reina agora e para sempre, e Ele deu a vida por mim, para que eu fosse feliz, e eu vou prova que o sacrifício valeu a pena!

Luana de Sousa

quarta-feira, 20 de julho de 2011


Remove a minha pedra
Me chama pelo nome
Muda a minha história
Ressuscita os meus sonhos
Transforma a minha vida
Me faz um milagre
Me toca nessa hora
Me chama para fora
Ressuscita-me

Aline Barros

terça-feira, 12 de julho de 2011



"- Mas eu não quero me encontrar com gente louca,observou Alice.
- Você não pode evitar isso, replicou o gato.
- Todos nós aqui somos loucos. Eu sou louco,você é louca. 
- Como você sabe que eu sou louca? - indagou Alice.
- Deve ser - disse o gato - Ou não estaria aqui."  

Alice no País das Maravilhas - Lewis Carrol



Virando a página


Mais uma vez você foi tão previsível quanto eu pensei que seria. Mais uma vez o que sonhei sobre nós dois se frustrou. Em parte, a culpa foi minha, porque eu fiz planos e projeções e imaginei ter ser feliz ao seu lado, mas esperar por você é tão inútil quanto esperar por chuva numa grande seca.
Pensei que nunca fosse escrever isso, mas antes eu tinha certeza que o que existia entre nós era amor, hoje eu penso que havia paixão ou qualquer empolgação, ou qualquer outra coisa,  menos amor, e depois que esse sentimento se foi sobrou o carinho, que não sustenta nada, então tudo acabou.
Hoje, sinto sua falta, mas amanhã, o hoje será apenas uma página virada, página na qual eu insisti em escrever lentamente, imaginando nunca acabá-la, mas agora ela finalmente terminou e não pode ser reescrita.
Sei que as próximas páginas serão escritas com muito esforço, mas tenho certeza de serão muito mais interessantes do que esta que acabo de virar.
Luana de Sousa

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Isso foi um beijo?


Eles se entreolharam intensamente por uma fração de segundos, ele encostou suavemente seus lábios nos dela, ela rapidamente virou o rosto, então ele disse:
- Se você não fizer isso vai passar a noite sem dormir, pensando em como iria ser se tivesse acontecido.
A menina não sabia o que fazer, nunca havia beijado ninguém antes, ela não conseguiu pensar em nada pra dizer, falou a primeira coisa que veio a sua cabeça:
- Eu não sei.
Ela tentou não olhar pra ele, ele esperou por um instante, então segurou o queixo da menina delicadamente, virou rosto dela em sua direção e simplesmente beijou sua boca. O beijo não durou mais que alguns segundos e não foi nada do que ela esperava, ela ficou sem saber o que fazer ou dizer depois daquilo, e uma pergunta aleatória saiu sem pensar:
- Isso foi um beijo? 
Ele riu com pergunta dela, ela deu um meio sorriso e pensou que tinha sido a pergunta mais idiota que já tinha feito, então ele a abraçou e acariciou seu rosto e ela guardou pra sempre aquele momento.

Luana de Sousa

domingo, 30 de janeiro de 2011

Seja um idiota


A idiotice é vital para a felicidade.

Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.
No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.
Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.
Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?
hahahahahahahahaha!...
Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?
É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?
Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.
Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa.
Dura, densa, e bem ruim.
Brincar é legal. Entendeu?
Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.
Pule corda!
Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.
Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável.
Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.
Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são:
passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...
Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!

Arnaldo Jabor

sábado, 1 de janeiro de 2011


"É necessário que ele cresça e que eu diminua."
João 3:30

Mais é menos




Eu quero menos...

Menos preocupação.
Menos formalidade.

Menos nuvens no céu.

Menos roupa.

Menos encanação.

Menos se levar a sério demais.

Menos escritório. 

Menos cara feia.

Menos despertador do lado da cama.

Menos falta de tempo.

Menos resolver tudo por email.

Menos chapinha.
Menos distância. Menos complicação.
Ah, eu quero menos pra mim...e quer saber? 
Eu desejo o mesmo pra você