domingo, 27 de dezembro de 2009

Amor platônico

Uma coisa totalmente sem sentido, sem porquê, amar alguém que está longe dos olhos e do coração, é simplesmente uma ilusão.
Isso alimenta os sonhos e o coração, mas tem um recheio vazio, aprisiona os pés e não permite que eles estejam nas nuvens nem no chão.
Nessa prisão o tempo não passa, a vida não é vivida, a comida não tem gosto, o ar é rarefeito e a água não sacia a sede.
Vivendo uma vida infeliz, amando sem ser amado, tendo o coração diariamente destroçado, assim é a vida de alguém que nunca foi realmente amado.
Luana de Sousa

Nenhum comentário:

Postar um comentário